Sejam Bem vindos

Aqui vocês vão encontrar conteúdos complementares aos que foram visto em sala de aula, dicas para fazer seus trabalhos e podem ainda tirar suas dúvidas.

Espero que isso ajude a todos vocês!


sexta-feira, 4 de outubro de 2013

Dança Moderna

              A dança moderna apareceu no início do século XX e seus precursores procuraram maneiras mais modernas e pessoais de expressar idéias através da dança.
              Entre os pioneiros do movimento estão as americanas Isadora Duncan, Loie Fuller e Ruth St. Denis; o suíço Emile Jacques-Dalcrose; e o húngaro Rudolf von Laban.
              Isadora Duncan precedeu o movimento de ruptura que se instauraria no âmago do balé, privilegiando a leveza desta arte, a energia que emana da alma através da expressão corporal, sendo assim dispensável qualquer adorno. Ela considerava o balé uma arte artificial, preocupada em excesso com simetrias geométricas, enquanto ela preferia uma dança impregnada de gestos nada simétricos e sem prévia preparação.
             Assim como Fuller, Isadora Duncan foi uma coreógrafa que tentou buscar na dança algo completamente diferente do modelo clássico, se inspirando em motivos da natureza (ar, fogo, água, árvores, etc), como referência para uma expressão mais natural do movimento.
            As religiões orientais inspiraram as danças de Ruth St. Denin; ela e seu marido Ted Sahwn abriram uma famosa escola em Los Angeles, a Denishawn. Muitos de seus alunos, entre os quais Martha Graham, desenvolveram estilos mais pessoais e formaram suas próprias companhias.
           A dança moderna voltou ao início básico da dança, liberada de artifícios ou temas fantásticos. Era um meio do artista poder expressar seus sentimentos de um modo mais atual. Explora as possibilidades motoras do corpo humano, usa o dinamismo, o emprego do espaço e do ritmo corporal em movimentos. Os grupos de dança moderna normalmente são fundados por uma personalidade, que é seu coreógrafo e diretor, sendo por isso individualistas e tendo suas próprias características.
          A dança moderna se desenvolveu principalmente nos Estados Unidos, por não ter uma tradição clássica, e na Alemanha, pela particularidade do alemão gostar de manter suas características próprias evitando influências externas.

A Dança Moderna na América

          Dança Moderna começou na América no início do século 20 quando os antecessores dos artistas que hoje conhecemos, começou sua própria rebelião contra a formalidade do balé e da previsibilidade das populares mostras de dança do período.
           As suas técnicas e estilos eram muito diferentes, o que eles tinham em comum era insatisfação com as opções disponíveis para bailarinos e, em seguida, o objetivo último de transmitir ao seu público um senso de realidade interior e exterior – um objetivo que ainda inspira bailarinos modernos hoje.
          A dança moderna nada tem que ver com as danças dos jovens nas danceterias da moda, tampouco com os espetáculos que desenvolve amplamente as revistas e assiduamente o show, ainda que, às vezes, a dança moderna possa inspirar-se nesse ambiente para um balé de argumento ou para refletir uma impressão da época, quer dizer, utilizá-lo como matéria- prima, como um testemunho do conflito do homem em sua época ou situação geográfica.
          A dança moderna é um aspecto culto da arte da dança, que adota formas adequadas à expressão de sua época.
         Na atualidade, a dança moderna é precisamente a evolução de uma forma que nasce como o mais oposto ao que hoje se costuma chamar dança clássica, e que mais propriamente, poderíamos denominar de dança acadêmica.

video